BOVINOCULTURA A PASTO EM LAGUNA CARAPÃ-MS SOB A ÓTICA DA TRANSIÇÃO DO USO DO SOLO

Autores

  • Rodrigo Moraes de Jesus Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Marcelo Corrêa da Silva Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Walmes Marques Zeviani Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Rodrigo Moura Pereira Embrapa Cerrados
  • Carla Eloize Carducci Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Palavras-chave:

Commodities agrícolas, Degradação das pastagens, Índice de vegetação com diferença normalizada

Resumo

Os processos de modernização agropecuária ocorrem em meio a transformações no uso e ocupação do solo. Neste trabalho, objetivou-se descrever as mudanças que ocorreram na produção agropecuária nas últimas décadas em Laguna Carapã-MS, com foco em bovinocultura a pasto. Foram incluídos aspectos de sistema de produção, tecnificação e evolução de índices zootécnicos, socioeconômicos e de desenvolvimento humano. Foram realizadas 5 visitas in loco e adquiridos dados de 22 propriedades rurais, além de acesso a dados públicos do município, do estado e da federação (IBGE-cidades, Sidra: Pesquisa da Pecuária Municipal, SATVeg-Embrapa e MapBiomas). Considerou-se o período de 1985-2017 para uso e ocupação do solo, 1997-2018 para efetivo de rebanho e 2000-2019 para o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI). As taxas de lotação aumentaram e a pecuária continua predominantemente extensiva. As pastagens podem ser consideradas remanescentes, com diminuição do rebanho efetivo, das vacas ordenhadas e das áreas de pastagem. O cenário configurou a transição da bovinocultura a pasto para a produção de grãos, cereais e energéticos, sendo que a pecuária a pasto não é a renda principal da maioria dos produtores rurais entrevistados. Pastagens destinadas à produção de gado de leite apresentaram menor nível de degradação, uma tendência que pôde diferenciar os produtores de leite, com NDVI médio de 0,58, dos produtores de gado de corte, com NDVI médio de 0,52. O estudo revela transições no uso e ocupação do solo e indícios de desenvolvimento municipal que provavelmente retratam tendências em muitos municípios de aptidão agropecuária do centro-oeste do Brasil.

Downloads

Publicado

2021-12-14

Como Citar

MORAES DE JESUS, R.; CORRÊA DA SILVA, M.; ZEVIANI, W. M.; MOURA PEREIRA, R.; ELOIZE CARDUCCI, C. BOVINOCULTURA A PASTO EM LAGUNA CARAPÃ-MS SOB A ÓTICA DA TRANSIÇÃO DO USO DO SOLO. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 23, p. e1789, 2021. Disponível em: http://www.revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1789. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Sistemas agroindustriais e sustentabilidade