REFLEXOS DA PANDEMIA COVID-19: CONTINGÊNCIAS E RUPTURAS NAS CADEIAS AGROALIMENTARES BRASILEIRAS

Autores

  • Ana Claudia Lara Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Péricles Luiz Brustolin Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Dulcimar José Julkovski Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Simone Sehnem Universidade do Oeste de Santa Catarina

Palavras-chave:

Teoria da Contingência, Agronegócio, Gestão de Crise, Liderança

Resumo

A pandemia do Coronavírus (COVID-19) gera impactos, rupturas e desafios para os setores da economia e sociedade. Gera mudanças em diversos processos e rotinas organizacionais. Enfrentar as contingências impostas pela pandemia pode resultar em melhores resultados e reduzir os níveis de incerteza. O objetivo desse estudo é analisar as rupturas oriundas da pandemia gerada pelo COVID-19 e encaminhamentos para superação/transição para a ascensão/progresso organizacional no âmbito do agronegócio. Foi desenvolvido um estudo de caso único, com unidades focais vinculadas direta e indiretamente ao agronegócio brasileiro. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 12 associações/entidades representativas. Os resultados da pesquisa mostram que: contingências oriundas da pandemia Covid-19, afetaram as organizacionais tanto direta quanto indiretamente, de forma não uniforme, gerando significativos impactos e rupturas, e em contraponto ações positivas que perpetuaram no pós-pandemia, devido as lições apreendidas. Como contribuições práticas, oferece aos gestores insights e evidências que possibilitem uma readequação com o intuito de manter o desempenho e possibilitar a manutenção de suas atividades econômicas mesmo que reduzida, assim como aos tomadores de decisões políticas de forma sincronizada e sem politização. O estudo gerou contribuições teóricas para a Teoria da Contingência e estrutura organizacional, assim como para a literatura sobre o Covid-19. Foi gerado base para futuros estudos voltados para formulações de políticas que promovam ações concretas de cunho prático para minimizar as externalidades negativas orientadas da pandemia, além de encaminhamentos para superação.

Downloads

Publicado

2022-09-26

Como Citar

LARA, A. C.; BRUSTOLIN, P. L.; JULKOVSKI , D. J.; SEHNEM, S. REFLEXOS DA PANDEMIA COVID-19: CONTINGÊNCIAS E RUPTURAS NAS CADEIAS AGROALIMENTARES BRASILEIRAS. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 24, p. 1859, 2022. Disponível em: http://www.revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1859. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Sistemas agroindustriais e sustentabilidade