PRÁTICAS E AGENCIAMENTO SOCIOTÉCNICO NO MERCADO DE CERVEJA ARTESANAL

Autores

  • Guilherme Almeida Machado Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos
  • Karim Thomé Universidade de Brasília
  • Fabrício Oliveira Leitão Universidade de Brasília
  • Thiago Moreira Carvalho Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Palavras-chave:

Agenciamento sociotécnico, Mercado de cerveja artesanal, Práticas artesanais

Resumo

Estudos de mercados construtivistas tem demonstrado que o entendimento a respeito de mercados é um processo dinâmico e é gerado do esforço prático de diversos atores. Almejando contribuir na discussão a respeito da construção de mercado este artigo se propõe a entender o agenciamento sociotécnico no mercado de cervejas artesanais baseada nas suas práticas. Para isso, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa com estudos múltiplos de caso no mercado de cerveja artesanal do Distrito Federal. Identificou-se quatro classes norteadoras das práticas de cervejas artesanais, elas são: i) insumos e qualidade (valor alto e custo); ii) canais de vendas (pontos de venda e website); iii) estilo de evento e de público que frequenta os ambientes; iv) harmonização e representação da cerveja com comidas (questões sensoriais). Essas classes agrupam um total de 19 práticas artesanais e os resultados demonstram heterogeneidade de difusão das práticas entre os atores de mercado, contudo é percebido uma direta intenção dos atores em arranjar práticas que agenciem distinção do mercado de cervejas artesanais frente as cervejas massificadas. Deste modo, este artigo contribui para com os estudos de mercados construtivistas descrevendo a multiplicidade no agenciamento do artesanal, e a não homogeneização sociotécnica.

Downloads

Publicado

2023-04-04

Como Citar

MACHADO, G. A.; THOMÉ, K.; LEITÃO, F. O.; CARVALHO, T. M. PRÁTICAS E AGENCIAMENTO SOCIOTÉCNICO NO MERCADO DE CERVEJA ARTESANAL. Organizações Rurais & Agroindustriais, [S. l.], v. 25, p. e1959, 2023. Disponível em: https://www.revista.dae.ufla.br/index.php/ora/article/view/1959. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Edição Especial – Construção e Dinâmica de Mercados Agroalimentares